Pitacos: apimentando as oitavas

image

Agora começou o mata-mata. Bobeou, volta para casa. A saída precoce de três campeões mundiais, aliada à presença de alguns grupos mais fracos nos proporcionou alguns participantes poucos usuais para essa fase. Por conta disso, não teremos por enquanto nenhum grande clássico do futebol mundial, nem por isso nossas expectativas devem ser baixas. Espero uma enxurrada de gols e me arrisco abaixo em alguns pitacos:

Brasil x Chile

image

É verdade  que  o Brasil tem jogado uma bola quadrada e passou longe de convencer. Também é verdade que o Chile surpreendeu o mundo ao eliminar a decadente campeã mundial, após a mesma ter sido nocauteada pela Holanda. Mesmo assim, o Brasil é amplamente favorito. O Chile é um dos maiores fregueses da seleção canarinho, e efetivamente se destacou somente contra a Espanha. Lembremos que os chilenos tomaram um calor do limitado time australiano, encontrando um gol ao final do jogo que distorceu um pouco a sua história. No jogo decisivo contra os laranjas, perderam. Nada demais. É um time arrumado, talvez o melhor de sua história, mas distante de merecer metade da pompa que lhe é conferida. Quanto ao Brasil, vamos retroceder à primeira fase da Copa de 2002, nosso último triunfo. Ganhamos da Turquia por 2×1, com a ajuda da arbitragem, treinamos contra a China (4×0), um jogo semelhante ao que tivemos com Camarões, e goleamos a Costa Rica (5×2), em uma partida que poderia ter sido 6×5 ou 7×5. Não convencemos na primeira fase. O final já sabemos. Com a mudança no meio-campo, temos a esperança que o futebol brasileiro  se encontre. Acredito que o Mineirão assistirá nossa primeira grande exibição. Brasil passa o carro: 3×0, para acabar com esse ensaio de soberba chileno.

Colômbia x Uruguai

image

A Colômbia é superior ao Uruguai tecnicamente, ganhou seus três jogos em um dos grupos mais fracos da Copa. Não fez mais do que sua obrigação, diriam os mais exigentes. Verdade. Mas em uma Copa onde muitos gigantes não cumpriram com uma fração de sua suposta ‘obrigação’, atingir 100% de aproveitamento, com 10 gols e 7 de saldo, é digno de aplauso. O Uruguai não me convence. A ausência do artilheiro canino  Suarez será sentida. A primeira partida contra a Costa Rica pode ser um exemplo do que esperar da Celeste. Chamem o Loco Abreu!!! Colômbia fará história: 3×1!

Alemanha x Argélia

image

Os germânicos começaram arrasando a nau lusitana e deram a impressão que trucidariam os adversários seguintes. Mas o difícil empate em 2×2 com os ganeses e a magra vitória sobre a seleção americana por 1×0 pode ter dado alguma esperança à seleção da Argélia, que já fez história ao se classificar pela primeira vez às Oitavas, em um grupo também extremamente fraco. É possível afirmar sem medo de errar que a Alemanha detém o maior favoritismo dessa fase. Acredito que veremos uma goleada aqui: 5×1 para os tricampeões.

França x Nigéria

image

As dificuldades dos blues contra o Equador e da Argentina contra a Nigéria mostram que essa peleja será mais parelha do que imaginamos. O time francês é ótimo, mas inexperiente. Será muito mais forte em 2018. A Nigéria é mais fraca que outras versões do passado, mas tem condições de endurecer, apesar de ter enfrentado adversários do quilate de Irã e Bósnia na briga pela classificação. O possível nervosismo da França pode ser a chave do jogo para os africanos, que entram como franco atiradores. Vai dar França, com as calças na mão: 2×1.

Argentina x Suiça

image

Apesar de ainda não ter desencantado para valer, a Argentina tem Messi, que já provou que pode fazer o mesmo papel de Maradona em 1986. Mesmo com a fragilidade de seus adversários, os hermanos passaram raspando nos três jogos. O que poderia ser um sinal de fraqueza, acabou lhes ajudando a conquistar mais confiança: Lionel está decisivo. Muito diferente do cenário da Copa na África, quando ele frustrou a expectativa dos seus conterrâneos. A Suiça é um dos melhores ‘ underdogs’ dessa fase, aprenderam a fazer gols, mas agora também tomam em larga escala. Tal qual o Brasil, a Argentina dará show nesse jogo: 4×2!

Bélgica x Estados Unidos

image

Dos times que ganharam os três jogos, a Bélgica é o mais enganador. Sempre jogou para o gasto, com adversários que nem para isso davam. Veio para Copa como a maior promessa. Os resultados até que comprovam a teoria, mas o quê se viu dentro de campo a desmentem. Os americanos estão com inclinação para finais dramáticos, com sofrimento. Venceu Gana e cedeu empate a Portugal no fim de cada jogo. Hoje, quando a classificação já estava garantida, quase empatou nos minutos derradeiros. O time americano é competitivo e surpreenderá os belgas: EUA vencem 2×1!

Holanda x  México

image

O melhor time da Copa até o momento enfrentando a maior surpresa. Esse será o grande jogo dessa fase. A Holanda escapou de enfrentar o Brasil, mas terá que encarar um México consistente e praticamente jogando em casa. Se os laranjas passarem, ganharão ainda mais envergadura para uma provável semifinal épica contra a Argentina, que agradeceria muito se os fregueses mexicanos aprontassem. Esse jogo dará muita moral para Holanda e valorizará demais a performance mexicana: 2×1 para os laranjas.

Costa Rica x Grécia

image

Esse duelo garantirá um zebra nas quartas. Quem chegar lá, fará história. A performance da Costa Rica está sendo enaltecida em todos cantos do mundo. Será que é sustentável? A Grécia tem um futebol feio de ver, mas às vezes efetivo. Meu palpite é que os gregos acabam com a festa costa-riquenha, em um eletrizante 1×0.

Pelos meus prognósticos, teríamos para as quartas de final:

Brasil x Colômbia

Alemanha x França

Holanda x Grécia

Argentina x EUA

Será? Saberemos até terça.

 

 

1 Comment
0

1 comentário

  1. Avatar

    marcia

    30 de junho de 2014 em 09:27

    Brasil x Colombia….certo!

Deixe uma resposta

Send this to a friend