Algumas verdades pouco lembradas

O moribundo governo do prevaricador da mala preta, corrupto, sem vergonha e debatendo-se no seu ocaso, deixará alguns legados positivos para o Brasil:

– A PEC dos gastos públicos, um primeiro passo para incluir princípios de responsabilidade financeira na obesa e ineficiente gestão pública, completamente avacalhada na era petista;

– A reforma do ensino médio, de pior desempenho em todas as etapas da educação, também um primeiro passo rumo à melhoria dos nossos indicadores, que nos colocam sempre nas últimas colocações dos principais rankings do planeta;

– A retomada das concessões à iniciativa privada, particularmente nos setores de energia e infra estrutura aeroportuária. Estava tudo emperrado no governo da Pinóquia. Um reconhecimento, ainda que tardio, de que o estado não pode e nem deve se meter em tudo;

– A reforma trabalhista, que apesar de polêmica e implantada a toque de caixa sobre uma pauta antiga que estava parada há anos na Câmara, representa um avanço em relação ao que tínhamos e se não é perfeita, move o país na direção correta. O ótimo é inimigo do bom.

Então, vamos falar uma verdade, pouco lembrada: em um ano, Temer produziu mais que Dilma em cinco. Outra: ele não é responsável pelo caos econômico, como alardeiam mentirosamente os petistas, filhotes da Odebrecht e compadres da JBS, progenitores da grande crise, felizmente no crepúsculo. Temer e seus correligionários podem ser acusados de omissos em relação à sucessão de equívocos das gestões Dilma-Lula, de quem foram sócios minoritários, mas a maior recessão da história foi concebida e disseminada pela lógica estatista e intervencionista do petismo.

Os acertos jamais justificarão a má índole e a complacência com a corrupção. Vivemos em tempos bicudos, onde a ética não pode ser mercadoria de troca. O mantra do ‘rouba mas faz pelos pobres’ ou ‘rouba mas reforma’ encanta cada vez menos inocentes.

Dito isso, fora Temer, já deu para você! A Marcela e o Michelzinho precisam de seus cuidados. Faça as malas e puxe o carro, aproveite que a saúde não anda muito boa, a hora é agora. Agradecemos pela força, agora por favor vá cuidar de sua defesa na primeira instância!

2 Comments
0

2 Comentários

  1. Avatar

    sonia pedrosa

    12 de julho de 2017 em 17:04

    Muto bom, Victor!!!
    Pra mim, esse país já deu.
    Beijo
    sonia.

  2. Avatar

    Rosa Helena dos Reis

    14 de julho de 2017 em 01:40

    Ótimo, Victor!

Deixe uma resposta

Send this to a friend