Um mundo muito estranho
Não vejo mais TV, a menos que ela já esteja ligada. Cheguei a essa conclusão após uma sequência de viagens onde o aparelho permaneceu desligado durante todo tempo em que estive no quarto. Até outro dia, a TV era um elemento relevante em nosso cotidiano.
Sobre armas e criminalidade
Nos próximos dias, o porte de armas será o assunto da hora nas redes sociais, sob o efeito do decreto presidencial que o flexibilizou. Jair Bolsonaro, um histórico defensor da causa armamentista, cumpriu com suas diretrizes de campanha e caminha na direção de resgatar o
A ministra das metáforas ruidosas
Desde que foi nomeada, Damares Alves tem causado muito mais repercussão com suas declarações do que o impacto que seu ministério, da Família, Cidadania e Direitos Humanos geralmente teria na rotina dos brasileiros. Já tivemos Jesus no pé de goiaba, com explicação posterior de que
O discurso da posse, comentado
Foi um discurso sem surpresas e coerente com que o presidente Jair Bolsonaro pregou na campanha. Alguns trechos foram bastante positivos, desmistificando inclusive a pecha de anti-democrático e autoritário que os derrotados tentam lhe atribuir. Abaixo meus comentários, na sequência do conteúdo em aspas. ”
#Fora_MarcoAurelio
O STF é a instituição mais criticada ao longo dos 350 textos publicados nesse espaço. Gostaria de nunca mais falar dele, mas infelizmente muitos de seus juízes, do alto de sua suprema soberba e onipotência, não podem ver uma vergonha dando ‘sopa’ que já querem
O caso COAF e o clã
Acuados pelas investigações do COAF, que permanecem no ar sem esclarecimentos, bolsonaristas apelam para o tradicional dedo na imprensa persecutória, a comparação com a roubalheira épica dos seus antecessores e no limite, admitem que trata-se de um pequeno delito, daqueles enraizados como praga na cultura
Até onde vai a privacidade do poder?
Essa semana Ricardo Lewandoski foi interpelado por um passageiro dentro de um avião, que de posse de seu celular gravou a breve conversa, em que ele referiu-se ao STF como uma instituição que o envergonhava. O ministro, demonstrando uma arrogância típica dos que se consideram
Governo Bolsonaro: primeiras impressões
Quem me acompanha sabe que não sou um bolsonarista, apesar de ter cravado sem nenhuma hesitação o número 17 no segundo turno. Nesse momento, ainda experimento o sentimento de gratidão ao Jair por ele ter nos livrado da praga petista, tomara que para todo sempre.
Há uma semana, escrevi sobre o tema do Mais Médicos (artigo anterior a esse), onde emiti um juízo de valor embasado em premissas que se mostraram completamente equivocadas. Esse texto é praticamente uma errata. Após às corretas exigências de Bolsonaro, Cuba anunciou a retirada imediata
Médicos: a primeira crise de Bolsonaro
A saída dos 8.332 cubanos do ‘Mais Médicos’, que abrange aproximadamente 16.150 profissionais espalhados pelo Brasil, será o primeiro grande desafio social do governo Jair Bolsonaro. Antes de avaliarmos as circunstâncias atuais, é importante relembrar suas origens. Em resposta às mega manifestações de Junho de
1 2 3 4 35

Send this to a friend