Categoria:

Brasil

Um tsunami chamado Marina Silva
Nem o mais otimista marineiro esperava uma ascensão tão meteórica. À essa altura, PT e PSDB estão desnorteados. Na próxima pesquisa, Marina já deve aparecer na liderança isolada para o primeiro turno e abrir vantagem superior a dois dígitos no segundo. E para os que acusavam
Enigmas marineiros
Em 2010, Marina Silva foi a surpresa das eleições. Com um escasso minuto e vinte e três segundos de programa de TV, fornecidos por um PV que a abrigou sob sua legenda, ela agregou quase 20 milhões de eleitores e 20% dos votos válidos. Na
A matemática da última pesquisa eleitoral divulgada ontem pelo Datafolha pode animar a oposição. Apesar do quadro geral na simulação de primeiro turno permanecer estável, com Dilma oscilando para baixo na margem de erro, assim como Campos, a simulação de segundo turno indica uma subida
Por que vou torcer muito pelo Brasil na Copa…
Vou torcer muito pelo Brasil na Copa, a despeito de todos os desmandos que proliferaram na preparação para recebê-la. Precisamos separar uma competição esportiva, arraigada que está em nossa cultura, dos problemas que enfrentamos, desde sempre. Está muito em voga o discurso de que se
Tempos quentes no Brasil. Na véspera de sediar o mais badalado evento esportivo do mundo, o receio é grande de que nossas debilidades de infra-estrutura atrapalhem o bom andamento da organização e causem constrangimento diante do planeta, que estará com as atenções voltadas para a
Após a eleição de Haddad para prefeito de São Paulo em 2012, reforçou-se o mito da infalibilidade de Lula, com dois postes eleitos no currículo. Diante dos recentes êxitos, muitos assumem que basta o ex-presidente petista entrar forte na campanha de Alexandre Padilha, que este
Beijinho no ombro da educação de Bovinolândia
Semana passada mais um factóide infestou os noticiários Brasil afora: em uma questão de filosofia na prova de um colégio do ensino médio em Brasília, os estudantes foram solicitados a completar a letra de uma música de Walesca Popozuda, definida como pensadora contemporânea de ´ Terra
Dilma e o beco sem saída
A presidente Dilma chega ao segundo trimestre do ano da eleição, a pouco mais de seis meses do pleito, com índices de aprovação que na melhor das hipóteses podem ser considerados tímidos. Gestões apenas regulares são capazes de reeleger seus mandatários. Para ser desalojado do
Chegara com 10 minutos de atraso à reunião. Todos os participantes já estavam lá. Seu pedido de desculpas não foi suficiente, estava sendo fulminado pelos olhos de alguns colegas. Em Londres, a pontualidade é uma questão de honra e negligenciá-la é imperdoável. Nada de amenidades
Felizes e desamparados
Um belo dia, ao voltar do trabalho, quando ainda vivia em Londres, fui surpreendido por uma grande placa amarela pregada na esquina da quadra onde morava, com os seguintes dizeres: ‘ Caro morador, aqui nesse local, uma mulher foi assaltada por três homens de bicicleta,
1 10 11 12 13 14 15

Send this to a friend