Um pesadelo: o Irma passou em São Paulo…

Um pesadelo: a hipotética passagem do furacão Irma em São Paulo.

Desespero total. Rios Tietê e Pinheiros transbordando merda para todos os lados, invadindo as garagens dos prédios e shoppings a um raio de 10Km de suas margens. Os bueiros entupidos gerando caos, falta de luz por um mês. Se uma garoa já causa estrago, imagine um furacão. Não há água nas torneiras. Filas imensas nos supermercados, que oportunisticamente duplicam os preços dos produtos. Sem gasolina, as pessoas abandonam seus carros na garagem. Como o Haddad não pensou nisso antes?

Milhares multados de caiaque por remarem acima da velocidade permitida nas ruas alagadas. O mais engraçado da minha visão apocalíptica é o trabalho de recuperação da cidade, liderada pelo prefeito Dória, que madruga todos os dias com um baldinho e um par de galochas, tentando tirar os dejetos das calçadas. Consegue que uma empresa doe 10 milhões de baldes, assim quase todo cidadão pode fazer sua parte no mutirão Cidade cheirosa, a tal cidade linda fica para depois, o objetivo imediato é livrar o povo do fedor pós Irma. Ele está negociando a doação de toneladas de ‘Bom ar’, acha que vai conseguir, será o maior feito de sua gestão.

Felizmente, não há furacões por essas bandas. Que sorte a nossa.

 

1 Comment
0

1 comentário

  1. sonia pedrosa

    13 de setembro de 2017 em 11:16

    Acho que eu trocaria esses políticos pelo Irma…. rsrsrs

Deixe uma resposta

Send this to friend